Mensagem

Mateus 5.13

Vós sois o sal da terra; mas se o sal perder suas qualidades, como restaura-lo? Para nada mais presta, senão para ser jogado fora e pisado pelos homens.

Contexto:

Jesus havia se retirado para orar no monte, ali ele passou a noite toda orando a Deus. Ao amanhecer Cristo percorria as margens do mar da galileia, e nesta caminhada ele chama os seus primeiros discípulos. O Senhor Jesus Cristo percorria por toda galileia, pregando e ensinando o evangelho do Reino, por onde o mestre passava, acontecia diversos tipos de milagres entre o povo, com isso sua fama só aumentava, fazendo com que grandes multidões o seguissem.

Jesus subindo ao monte com os seus discípulos e se assentando em um lugar plaino, ele começa a ensinar os seus discípulos, ensino que ficou conhecido como sermão do monte.

Vos sois o sal da terra

Jesus inicia sua frase com uma afirmativa vos sois, ele não diz vos sereis, mas ele usa de afirmativa, que traduzindo para o verbo no grego; significa somente vos. Cristo está direcionando esta palavra para discípulos, a igreja. Jesus diz aos discípulos que somente eles podem ser o sal da terra, ele usa de uma figura simples, neste caso o sal, para ilustrar uma verdade.

O que Jesus quis dizer quando citou sal da terra?

– o sal no tempo antigo era muito usado para conservar e até hoje nos dias atuais ele é usado com esta finalidade, claro que devido a evolução tecnológica não com tanta frequência, o sal inibe a decomposição. Apesar de usarmos refrigerador, um exemplo disso é o bacalhau, ele é conservado com sal.

– o sal também tem a função de temperar, dar sabor. Aonde o sal é colocado ele é notado, o sal influencia o alimento, ele dá sabor ao alimento, um detalhe importante é que o sal não é influenciado, ele não pega sabor, mas o sal dá sabor, independente de qual alimento seja, o sal da sabor .

– o sal também tem a capacidade de provocar a sede.

Mas qual a mensagem que Cristo quis ensinar aos discípulos?

Vocês são o sal desta terra, vocês são chamados para influenciar, MODIFICAR. O sal lançado em um alimento considerado sem sal, após colocado uma pitada de sal, ele é modificado, com isso ele é chamado de temperado. Assim deve ser todo cristão nesta panela chamado mundo, aquele que dá o sabor. Em um contexto de ódio, o cristão é amor, de falta de unidade, o cristão é unidade.

Em um mundo que se está se decompondo, em áreas como; politica, escola, trabalho e família, somos chamados a inibir está decomposição, sendo sal. Jesus nos chama a ser sal desta terra, o sal não é para ficar no saleiro.

Ser cristão não é apenas no contexto de comunidade ou igreja, mas somos chamados a ser cristão nesta terra, em todas as esferas, com isso seja sal; no seu trabalho, na roda de amigos, na faculdade, e principalmente em sua família.

“Como sal, provoque a sede nas pessoas e com isso mostre a fonte de agua viva chamada Jesus.”

Mas se o sal perder suas qualidades, como restaura-lo?

O sal perde suas qualidades somente quando há nele impureza. Como restaurá-lo?

Ele não afirma dizendo que não existe solução, mas ele faz uma pergunta e gostaria de encerrar dizendo que aquilo que aos olhos humano restaurar é impossível, eu digo que para Deus nada é impossível. E se você se encontra como um sal insipido que não presta para nada importante é reconhecer, ainda há esperança, pois por consequência ocorrera o juízo que é ser lançado fora e consequentemente ser humilhado pelos homens.

Neste momento convido você a orar comigo;

Senhor meu Deus é Pai, te agradeço pelo seu amor e graça neste dia e neste momento diante de ti, confesso que aos meus olhos vejo impossível eu ser restaurado, pois durante a minha vida, tenho sido um sal que perdeu as qualidades, eu não influencio, mas sou influenciado, não dou mais sabor, mas recebo sabor. E neste momento reconheço o quanto sou fraco e pecador, por isso peço a ti Senhor, que tu venhas sobre a minha vida, me restaurando.

Pai te agradeço por tudo, em o nome de jesus Cristo, amém.

 

Pr Rafael Henrique Borges

Pib” Rio de Deus”

previous arrow
next arrow
Slider